Raquel Ochoa    Escritora (Portugal)   Programa
Licenciada em Direito, Raquel Ochoa nasceu na capital portuguesa em 1980. Nome de vulto entre a nova geração de escritores portugueses, a carreira literária de Raquel Ochoa destaca-se por um início auspicioso. O seu primeiro romance, A Casa-Comboio, foi distinguido com o Prémio Revelação Agustina Bessa-Luís, em 2009, e traduzido em Itália pela sucursal transalpina da nova delphi. Epopeia de uma família indo-portuguesa, originária de Damão, joia da Índia Portuguesa, a obra reflete a paixão de Raquel Ochoa pela Índia, um dos destinos prediletos de quem considera que o mundo lê-se a viajar. Errante, as ininterruptas viagens de Raquel Ochoa são digeridas pela arte da crónica, bem representada em O Vento dos Outros, um relato de viagens à América do Sul publicado em 2008.  

No mesmo ano, a escritora e formadora de Escrita Criativa também deu a conhecer Bana – Uma vida a cantar Cabo Verde. Em 2011, Raquel Ochoa aventurou-se no registo biográfico, reconstituindo a vida de D. Maria Adelaide de Bragança, A Infanta Rebelde. O seu segundo romance, Sem Fim à Vista – a viagem, chegou aos escaparates em 2012 e recupera o enlevo da narrativa de viagens, cujo protagonista, portador de problemas cardíacos, deambula por Singapura, Malásia, Indonésia, Austrália, Nova Zelândia, Hong Kong, Macau e Sri Lanka.

 

4 DE ABRIL | 18:00 | Conversa cruzada

A arte de morrer longe (Mário de Carvalho)