Tiago Patrício    Escritor (portugal)   Programa do autor
Nasceu na Madeira, em 1979, e rumou a Trás-os-Montes com apenas 9 meses. Da ilha levou uma memória inacessível, mas a cidade que se espreguiçava no Atlântico haveria de povoar o imaginário de Tiago Patrício. Filho de um Marinheiro de Comunicações e de uma professora da Telescola, o farmacêutico de profissão viveu na Fortaleza do Pico, sobranceira ao Funchal. A vida deu-lhe o que não passa de um ideal onírico para quase todas as crianças: ter um castelo como casa. Entrincheirado na austeridade telúrica de Trás-os-Montes, a ilha exerceu sempre um forte fascínio sobre Tiago Patrício. Aos 19 anos, e honrando a tradição familiar, o escritor decide ingressar na Marinha de Guerra, após um “ano sabático” durante o qual se dedicou a uma leitura voraz que lhe permitiu acumular e solidificar referências literárias. Com o Funchal como ancoradouro de devaneios desde a infância, Tiago Patrício chegou pela primeira vez à Madeira como tripulante da fragata Batista de Andrade e no Verão de 1999 participou na regata  

internacional Canárias-Madeira, a bordo do Navio Escola Vega, período durante o qual pôde reconstruir, na plenitude dos sentidos, a relação insular com o seu arquipélago-natal. Mais tarde, Tiago Patrício abandonaria a vida militar, optando pelo regresso à faculdade de farmácia. Com o vagar académico típico de quem atribui primazia à criação literária, o escritor natural da Madeira dedicou-se a múltiplos projetos paralelos. O desempenho académico ressentiu-se, mas o caminho estava escolhido. Em 2011, Tiago Patrício foi contemplado com dois prémios literários que o confirmaram como valor incontestável entre a nova geração de escritores portugueses. Com o romance Trás-os-Montes, arrebatou o Prémio Revelação Agustina Bessa-Luís. A Memórias das Aves, coletânea de poemas, valeu-lhe o Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire. Antes, Tiago Patrício foi galardoado com o Prémio Daniel Faria pelo seu livro de estreia, O Livro das Aves, em 2009.           

4 DE ABRIL | 11:30

Escola B+S Dr. Ângelo Augusto da Silva

4 DE ABRIL | 14:30

Universidade da Madeira

4 DE ABRIL | 18:00 | Conversa cruzada

A arte de morrer longe (Mário de Carvalho)