Ana Luísa Amaral    Escritora (portugal)   Programa

Nome de vulto da poesia portuguesa, Ana Luísa Amaral nasceu na capital portuguesa em 1956. Doutorada em Literatura Norte-Americana com uma tese sobre Emily Dickinson (1830-1886), leciona Literatura Inglesa no Departamento de Estudos Anglo-Americanos da Faculdade de Letras do Porto. Com 14 livros de poesia e 9 infantis no currículo, para além de traduções e obras adaptadas ao teatro, o engenho poético de Ana Luísa Amaral assegurou-lhe lugar de honra em múltiplas antologias portuguesas e estrangeiras. Traduzida para várias línguas, como castelhano, inglês, francês, alemão, holandês, russo, búlgaro e croata, a poetisa tem, no seu pecúlio de condecorações, o Prémio Literário Casino da Póvoa / Correntes d’Escrita (2007), fruto d’ A Génese do Amor, e o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores (2008) com o livro Entre dois rios e outras noites.


 

Em 2012, a primeira edição do Prémio Rómulo de Carvalho / António Gedeão agraciou Ana Luísa Amaral. Vozes, um trabalho de 2011, foi escolhido por unanimidade pelo júri. Antes, a poetisa portuguesa recebeu a sua primeira distinção internacional, ao ser contemplada, em Itália, com o Prémio de Poesia Giuseppe Acerbi. Feminista e com um vasto trabalho de investigação na área, Ana Luísa Amaral é autora, com Ana Gabriela Macedo, do Dicionário de Crítica Feminista  e coordenou a edição anotada de Novas Cartas Portuguesas.  Neste momento, coordena o projecto internacional Novas Cartas Portuguesas, 40 anos depois, o qual envolve 13 equipas internacionais e mais de 15 países.

Foto © Rita Amaral 

5 DE ABRIL | 14:30

Universidade da Madeira

5 DE ABRIL | 18:00 | Conversa cruzada

A arte de lidar com as mulheres (Schopenhauer)